Jacob rebate denúncia de Carlos Alberto Martins

O ex-prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob, encaminhou aos veículos de imprensa de Amparo uma nota rebatendo a publicação do atual prefeito Carlos Alberto Martins (MDB), onde o chefe do Executivo amparense afirma que protocolou documentos na CPI da Covid do Senado Federal, supostamente em razão de Amparo ter recebido recursos para o enfrentamento da pandemia e sem ter encontrado a devida prestação de contas.

Confira a nota na íntegra:

“De maneira desesperada e equivocada, o prefeito de Amparo, Carlos Alberto Martins (MDB) protocolou, em Brasília, na terça-feira, um pedido para que se apure os recursos repassados ao município de Amparo para aplicação no enfrentamento à Covid-19 em 2020.
A destinação dos recursos utilizados na luta contra a pandemia da Covid-19 foi apresentada ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, com prestações de contas rigorosas de todo o valor investido pela administração municipal no ano passado.
Os recursos foram investidos na criação dos polos de síndromes respiratórias (referência nacional), na compra os EPIs para proteção dos servidores públicos municipais, na compra de medicamentos, insumos, equipamentos para qualificar os atendimentos, no financiamento de novos leitos em hospital, entre outras muitas ações voltadas ao enfrentamento da crise sanitária.
Com parte do recurso destinado à Amparo, foram adquiridos testes de Covid-19 para a política de testagem criada pelo município que são usados até hoje pela atual administração municipal.
A articulação de Carlos Alberto Martins, sem critério ou embasamento legal, tem por finalidade expor a cidade de Amparo para, equivocadamente, criar factoides, um grande ato de desespero. Considerou, ainda, que a conduta do atual Prefeito foi precipitada e irresponsável, divulgando afirmações equivocadas e confundindo a população.
Luiz Oscar Vitale Jacob
Prefeito de Amparo por dois mandatos (2013-2016 – 2017-2020)”

Também durante a semana, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, através do Conselheiro Dimas Ramalho, julgou regular, aprovando as contas apresentadas, um dos convênios celebrados entre a Prefeitura de Amparo e o hospital Santa Casa Anna Cintra, durante período em que o hospital estava sob intervenção municipal, com Luiz Oscar Vitale Jacob à frente da gestão da Prefeitura. O convênio 248/2019 foi celebrado entre as partes no final de 2019, estando vigente durante o ano de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *