Depois de quatro meses, Santuário Nacional de Aparecida volta a realizar missas com público

Santuário Nacional de Aparecida volta a receber fieis, durante as missas, depois de mais de quatro meses.

Ainda assim, o cenário na Basílica, no primeiro dia da retomada, foi bem diferente daquele com o qual as pessoas estão acostumadas.

O espaço, que recebe cerca de um milhão de devotos por mês e está sempre cheio, agora pode abrigar, no máximo, mil pessoas por celebração.

Bem menos que a capacidade máxima do Santuário Nacional, de 35 mil fieis.

A distância entre os bancos aumentou e em cada um sentam no máximo duas pessoas, uma em cada ponta.

O uso de máscaras é obrigatório.

Entre as medidas para evitar a transmissão do coronavírus estão, ainda: o reforço na limpeza, a higienização da Basílica no intervalo entre cada missa, a disponibilização de álcool em gel e a medição da temperatura dos fieis.

Por enquanto o centro comercial que fica ao lado do Santuário de Aparecida está fechado, assim como restaurantes e lanchonetes.

O estacionamento funciona com 35 por cento da capacidade e não é permitida a entrada de ônibus ou vans, até porque as romarias e peregrinações continuam suspensas.

A lista com as novas normas de funcionamento está disponível no site www.a12.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *